Livre escolha

Os projetos da Lumiar incluem trabalhos em equipe desafiadores e com propósitos educacionais. Deles saem ideias inovadoras e criativas, como a sugestão dos próprios estudantes de aprender matemática por meio das formas geométricas e conceitos de dobradura presentes na arte secular japonesa do origami.

O que são os projetos?

Nos trabalhos desenvolvidos pelos estudantes da Lumiar, todos os membros do grupo participam de acordo com as suas capacidades. O objetivo é construir em conjunto – de maneira decidida, planificada e organizada – um produto de comum acordo.

Todos os projetos devem ser desafiadores e apaixonantes, além de instigar a criatividade dos estudantes para que estes utilizem esquemas mentais complexos e significativos. Deve gerar, ainda, condições para tomada de decisões, capacidade de colaborar em equipe e de projetar o novo. Sempre agindo de maneira ética.

O trabalho a ser feito deve ser escolhido por apresentar características como:

  • Ser considerado importante ou relevante por todos os participantes;
  • Permitir novas aprendizagens;
  • Ter que ser estudado ou resolvido no contexto em que os estudantes vivem.

O grande desafio da Lumiar é sempre identificar interesses e necessidades dos grupos e de cada estudante individualmente para elaborar propostas que promovam muito engajamento. No quarto bimestre de 2011, por exemplo, os estudantes do Ensino Fundamental 1 optaram por projetos como o “Matemática do Japão”.

Por meio do origami – arte tradicional secular japonesa de dobrar papel para representar diferentes animais e outros seres –, os estudantes trabalharam com formas geométricas, conceitos de dobro, metade e outras divisões além de explorar movimentos importantíssimos da coordenação motora fina.

Além disso, foi possível utilizar a língua inglesa como instrumento de comunicação e explorar a geometria concretamente. A prática exigiu o desenvolvimento da habilidade de concentração e mostrou que, somente com destreza, precisão e concentração é possível que a dobradura forme a figura desejada.

Já no primeiro bimestre de 2012, o projeto escolhido foi o “Super English”. O objetivo era implementar, por meio de jogos, brincadeiras e improvisações teatrais com humor, aspectos léxicos e sintáticos do idioma inglês.

Por que trabalhar com projetos?

Os projetos são atividades que tem uma intenção, um objetivo claro que dá unidade às ações e aos aprendizados já programados. Também supõe a integração de professores e estudantes que, juntos, levantam problemas e temas, valorizando toda proposta que envolva os estudantes e permitindo que eles se apropriem do seu processo de aprendizagem e desenvolvimento.